Tempo de leitura: 4 minutos

O brasileiro tomou gosto pelas redes sociais. Apenas no Facebook, a rede mais popular no país, são cerca de 117 milhões de usuários – mais da metade da população nacional compartilhando e consumindo informações em um só ambiente. Por isso, é necessário saber como anunciar nas redes sociais da melhor maneira.

O maior desafio é como chegar a seu consumidor. Fazer apenas o básico – postar conteúdo atraente de forma regular – não significa sucesso. Devido ao algoritmo que controla a apresentação de postagens aos usuários, mesmo quem curtiu a página da sua empresa pode nunca ver suas atualizações. Confuso? Vamos explicar.

Alcance orgânico

Desde 2009, quando o Facebook abandonou a ordem cronológica simples para mostrar o conteúdo postado na plataforma, cada atualização do algoritmo introduz mudanças na forma de interação com o usuário.

A principal delas é uma filtragem prévia do que será mostrado quando este acessar a rede. Uma das consequências é a limitação do alcance natural de cada postagem, o chamado alcance orgânico. Atualmente, menos de 2% dos seguidores conseguem visualizar uma postagem de forma espontânea. Mesmo que já tenham curtido a página anteriormente.

Alcance impulsionado e segmentação

Por outro lado, o Facebook disponibiliza ferramentas para impulsionar o conteúdo publicado. É possível alavancar o alcance de cada postagem, com diferentes faixas de público disponíveis conforme o investimento realizado.

É com esta possibilidade que quem realmente deseja se dedicar ao marketing de conteúdo deve trabalhar. Não apenas pelo aumento na visualização, mas também por outras facilidades que se abrem, como a chance de focar ainda mais no público-alvo desejado.

Além de impulsionar a publicação, o Facebook permite segmentar a oferta de maneiras mais interessantes para o anunciante. Estão disponíveis filtros por idade, local, gênero e interesses, aumentando a chance daquele conteúdo ser mostrado para verdadeiros clientes em potencial.

Daí a importância de ter um orçamento dedicado exclusivamente a este fim. Confiar apenas em seu conteúdo pode funcionar de forma pontual, mas é uma estratégia com teto muito baixo em termos de retorno. Marketing de conteúdo é como qualquer negócio: por melhor que seja o produto, errar na distribuição pode colocar tudo a perder.

Conteúdo + estratégia

Isto não significa que o conteúdo pode ser deixado de lado! Se destacar entre os concorrentes ainda é importantíssimo e todo esforço nesse sentido deve ser realizado. Seja na forma de atração de leads ou no momento de fidelização de clientes, cada diferencial conta pontos para sua empresa se estabelecer como a escolha correta para aquela compra.

Impulsionar suas publicações não significa a transferência de recursos dedicados a outras partes da estratégia de marketing de conteúdo. Antes, deve se pensar em conjunto: definir a alocação adequada para cada etapa e tipo de postagem, buscando o melhor retorno possível.

Feito da maneira correta, esses ajustes garantem que seu investimento não será em vão. Não basta ter conteúdo atraente se este não chegar a ninguém. Não basta ter público se os compradores não estiverem lá.

É fundamental saber como anunciar nas redes sociais para potencializar cada um destes elementos. Impulsionar seu conteúdo é a chave para fazer toda a estratégia funcionar da melhor maneira possível.

Quer saber mais sobre links patrocinados? Fale com um de nossos consultores através desse link.

Comentar via Facebook